ESTRATEGIA

Capa
TINTA DA CHINA - 496 páginas
0 Resenhas
O livro de Liddell Hart revolucionou a teoria e a prática militares, defendendo, pela primeira vez, a estratégia da abordagem indirecta. Na sua origem esteve a experiência traumática do autor enquanto soldado da Primeira Guerra Mundial e a terrível mortandade a que se assistiu nas batalhas de confronto directo. As suas ideias teriam enorme repercussão, reflectindo- se na alteração das tácticas militares da Segunda Guerra Mundial - a blitzkrieg alemã é disso o maior paradigma. Ao longo de décadas, Liddell Hart foi desenvolvendo e aperfeiçoando a sua teoria estratégica, tendo-se o presente livro tornado na obra-prima incontornável. Numa tour de force pela história, o autor demonstra como os feitos dos grandes capitães raramente foram alcançados através de confrontos directos entre forças, mas sim através do desequilíbrio físico e psicológico do inimigo, recorrendo-se ao movimento e à surpresa. Como refere o historiador Richard Holmes em The Oxford Companion to Military History, Liddell Hart representou para o século XX o mesmo que Clausewitz representou para o século XIX. A introdução de Miguel Freire dá-nos conta disso mesmo, mostrando a importância que o autor mantém até hoje.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Informações bibliográficas