Dicionário brasileiro de insultos

Capa
Atelie Editorial, 2002 - 363 páginas
Fruto da curiosidade e de anos de pesquisa, o 'Dicionário Brasileiro de Insultos' desvenda o significado de mais de 3.000 verbetes potencialmente ofensivos, advindos de todas as regiões do país. Altair J. Aranha, consciente do poder da palavra como arma, começou cedo a buscar munição em dicionários e expressões populares, especialmente as mais obscuras. É ele quem explica, no prefácio; "o insulto pouco conhecido mostrava-se duplamente contundente; de alguma forma qualificava negativamente e, ainda, acrescentava, implicitamente, uma outra ofensa; ignorante". Os termos são explicados sempre de forma descontraída, através de sinônimos mais usuais e frases que os põem em prática.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Sedentários

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Página 1

Todas as 5 resenhas »

Conteúdo

Seção 1
9
Seção 2
67
Seção 3
97
Seção 4
117
Seção 5
147
Seção 6
165
Seção 7
175
Seção 8
181
Seção 11
253
Seção 12
257
Seção 13
295
Seção 14
299
Seção 15
313
Seção 16
331
Seção 17
347
Seção 18
349

Seção 9
199
Seção 10
245
Seção 19
359
Seção 20
361

Outras edições - Visualizar todos

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas