Democratização da escola pública

Capa
Edições Loyola, 2001 - 149 páginas
7 Resenhas
José Carlos Libâneo insere-se no movimento dos educadores interessados em discutir e viabilizar políticas e ações em torno da Escola Pública Democrática, como instância ligada ao esforço coletivo de democratização da sociedade como um todo. Sua proposta enfatiza a importância do trabalho docente na escola, o que requer o esforço de juntar a teoria e a pesquisa à prática dos professores, de modo que esta traduza a crítica em respostas necessárias à democratização da escola pública. Para isso, não basta repetir palavras de ordem em sala de aula. É Preciso um trabalho de compreensão do processo de ensinar e aprender. NEste livro, o autor desenvolve ideias chave que orientam um fazer pedagógico-crítico e auxiliam o professor a dimensionar seu trabalho no quadro melancólico da escola pública, privilegiando o pensar criticamente temas de Didática, Psicologia da Aprendizagem e Metodologia do Ensino. É um árduo caminho, mas Libâneo o percorre com sabedoria e propriedade. POr ter atuado como diretor de escola pública (Ginásio Estadual Pluricurricular Experimental ll-SP) e do Centro de Treinamento e Formação de Professores da Secretaria de Educação do Estado de Goiás, conhece, por dentro, as mazelas do ensino público.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

primeiro semestre pedagogia, livro utilizado para elaboração trabalho individual.

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

existem profesores que solo se basan en los aprendido o en las experiencias de los profesores con experiencia.
Esto permite que los profesores tengan en sus cabezas la teoria de la pedagogia muy
clara de lo que es la escuela nueva, mas en la relaidad ellos aplican la escuela tradicional.
Pedagogia liberal es aquella que aparecio para justificar el capitalismo defendidendo intereses particulares.
 

Todas as 7 resenhas »

Informações bibliográficas