Da fala para a escrita: atividades de retextualização

Capa
Cortez, 2000 - 133 páginas
0 Resenhas
Este livro mostra que a relação entre oralidade e escrita se dá num contínuo fundado nos próprios gêneros textuais em que se manifesta o uso da lingua no dia a dia. O princípio geral subjacente à obra é a visão não-dicotômica das relações entre oralidade e escrita. Para defender essa idéia, o Autor mostra que a relação entre a oralidade e a escrita se dá num contínuo fundado nos próprios gêneros textuais em que se manifesta o uso da língua no dia-a-dia. Com esta tese central, o Autor supera os preconceitos sobre a oralidade e propõe uma nova visão do trabalho com a fala em sala de aula.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Referências a este livro

Letramento literário: teoria e prática
Rildo Cosson
Não há visualização disponível - 2006
Todos os resultados da Pesquisa de Livros do Google »

Informações bibliográficas