Crimes que abalaram o Brasil

Capa
Editora Globo, 2007 - 311 páginas
1 Resenha
No dia 7 de outubro de 1928, sob a garoa fina do porto de Santos, uma simples mala cai do guindaste de um navio que partiria para a Europa. Iniciava-se assim um dos mais macabros e misteriosos casos da crônica policial brasileira, que ficou conhecido como o 'crime da mala'. Essa é a primeira das sete histórias reais resgatadas no livro Crimes que Abalaram o Brasil, que a Editora Globo acaba de lançar. Alguns dos crimes que mobilizaram a sociedade brasileira ao longo de meio século são apresentados ao leitor em uma linguagem jornalística eletrizante, que contribui para a reconstituição do clima dos acontecimentos e de sua repercussão na época. Os autores narram o caso dos Irmãos Naves - que viria a se tornar conhecido como um dos maiores erros judiciais da história; o crime do Sacopã, um mistério policial na então tranqüila zona sul do Rio de Janeiro; descrevem a trajetória da Fera da Penha, um caso verídico com sabor rodriguiano. Em 'Dana de Teffé - o Crime sem Cadáver', a crônica revive um dos casos que mais sensibilizaram o País, envolvendo uma conhecida figura da alta sociedade cujo desaparecimento continua misterioso até os dias de hoje. O livro segue com o arrepiante caso de Chico Picadinho, que ainda cumpre pena por seus assassinatos bárbaros. Por fim, 'O mistério do desaparecimento de Carlinhos', que se tornou um dos assuntos policiais mais célebres dos anos 70. A obra é uma coletânea organizada pelos jornalistas George Moura e Flavio Araújo, com reportagens de Marcelo Faria de Barros e Wilson Aquino. Eles se basearam em casos apresentados pelo programa Linha Direta - Justiça, exibido pela Rede Globo de Televisão. Os casos policiais mostrados nesse livro, que cobre boa parte do século XX, representam a imagem de uma época. Seu resgate possibilita a leitores de todas as idades reviverem os mistérios que chamaram a atenção do Brasil no passado; oportunidade para reflexão num momento em que a cobertura jornalística da violência urbana é mais do que nunca uma necessidade.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Esse livro nos coloca de frete com o passado que continuamente nos coloca frente a frente com a capascidade do ser humano ser tão baixo

Outras edições - Visualizar todos

Informações bibliográficas