Cabo Verde: insularidade e literatura

Capa
Manuel Veiga
KARTHALA Editions, 1998 - 253 páginas
0 Resenhas
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Páginas selecionadas

Conteúdo

Introdução Manuel Veiga
5
a Poesia anterior a Clari
8
Do mito à História Elisa Andrade
17
Insularidade na Literatura Caboverdiana Dina Salústio
33
Sementeira Chuva e Seca Daniel Spínola
47
Da Traversia no Deserto ao Ressurgimento de
57
O Papel do Milho na Simbolização da Identidade Cul
63
O Milho a Esperança e a Luta José Maria Semedo
81
A poética caboverdiana pósClaridade Alguns traços
137
A ficção caboverdiana pósclaridosa Aspectos funda
167
Noite de Vento Isabel Ixtbo
189
Caboverdianidade Tropicalismo C Furtado
199
Mornas Eram as Noites Daniel Spínola
205
O Testamento do Senhor Napumoceno
215
Nascimento de um Mundo Vera Duarte
223
Amanhã Amadrugada Fernando Monteiro
233

dade Oswaldo Osório
109
O Nascimento e Reconhecimento de uma Literatura
115
Modernos Poetas Caboverdeanos Jaime de Figueiredo
127
Os Flagelados do Vento Leste Jorge Alfama
239
Chiquinho de Baltasar Lopes o romance de Claridade
247
Direitos autorais

Termos e frases comuns

Referências a este livro

Informações bibliográficas