Bíblia de Jerusalém

Capa
Paulus, 2003 - 2206 páginas
Este edição da 'Bíblia de Jerusalém' foi revista e ampliada. Com novas opções textuais, os livros da Sagrada Escritura passaram por várias remodelações, por exemplo, os livros de Miquéias e Eclesiástico. No Antigo Testamento há volta ao texto hebraico, deixando de lado opções preferidas anteriormente. Certos textos do Novo Testamento também trazem uma tradução inteiramente nova, como o hino de Filipenses 2,6-11. Muitas notas foram modificadas, ampliadas ou substituídas. O volume de notas aumentou consideravelmente em relação à edição do texto francês de 1973, facilitando a compreensão do texto bíblico. Algumas introduções dos livros e conjuntos literários são novas, e essa novidade se reflete nas notas. O evangelho de João, por exemplo, traz outra chave de leitura, que pode ser constatada tanto na introdução como nas notas.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

Ótima bíblia para estudos em teologia, história e outras ciências.

Informações bibliográficas