As Hidrelétricas do Xingu e os povos indígenas

Capa
Comissão Pró-Indio de São Paulo, 1988 - 196 páginas
0 Resenhas
Hidreletricas do Xingu: O Estado contra as sociedades indigenas;Obras na volta Grande do Xingu-Um trauma historico provavel; O processo decisorio e aspectos tecnologicos da questao; O aproveitamento hidreletricodo xingu e o modelo de desenvolvimento do setor eletrico; O processo decisorio para a construcao de aproveitamento hidreletrico; A politica energetica brasileira; Propostas alternativas a politica energetica brasileira; Os bancos mutilaterais de desenvolvimento e o setor energetico; Regulamentacao do estado de impacto ambiental; Efeitos ecologicos das barragens do xingu; Uma avaliacao preliminar; Implicacoes sociais da politica do setor eletrico; Exemplo Tucurui - uma politica de relocacao em contexto; Os trabalhadores na Amazonia Paraense e as grandesbarragens; Os povos indigenas do medio xingu; Os jurunas no medio xingu;Os araras; Os kararaos do rio xingu; Povos indigenas da area xingu-bacaja; Os kayapos-xikrins do bacaja; Os asurinis do xingu; Os arawetes; O povo indigena parakana; O aproveitamento integral do xingu.

De dentro do livro

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Conteúdo

M de Andrade
22
O Processo Decisório e Aspectos Tecnológicos da Questão
43
Propostas Alternativas à Política Energética Brasileira
59

7 outras seções não mostradas

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas