Amarga herança de Leo

Capa
FTD, 1996 - 157 páginas
1 Resenha
O leitor se transporta para a década de 80 e trava contato com um grupo de adolescentes e também com Leo, que se destaca dos demais pelos seus talentos e seu modo impulsivo e arrojado. Com o passar do tempo, Leo muda seu grupo de amizades e entra no mundo da cocaína. Quando Flora já está namorando com Tomás, Leo lhe confidencia que está com Aids. Flora pode estar contaminada. Encerra-se a história com a espera do resultado dos exames de Flora, que não será revela ao leitor.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Informações bibliográficas