Aborto por anomalia fetal

Capa
Letras Livres, 2004 - 149 páginas
O livro é uma releitura bioética e jurídica da interrupção da gravidez por anomalia fetal no Brasil. O argumento central é que o denominado aborto por anomalia fetal incompatível com a vida não tipifica crime, sendo, portanto, uma antecipação terapêutica de parto, sem qualquer repercussão jurídico-penal, por faltar-lhe o suporte fático exigido pela lei. As idéias discutidas no livro são resultado de uma parceria intelectual bem-sucedida entre os autores.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Informações bibliográficas