A indexação contábil da moeda

Capa
Empresa Jornalística Guia do Mercado Imobiliário, 1986 - 60 páginas
1 Resenha

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

O prefácio deste livro lançado em sua 1ª edição em 1984 e assinado por Austregésilo de Athayde Presidente da Academia Brasileira de Letras, retrata de forma sucinta o pensamento do autor:
" A INDEXAÇÃO CONTÁBIL DA MOEDA - O advogado José Paulo Abreu Monteiro da Silva com o opúsculo do título acima contribui para melhor compreensão de um problema complexo como esse da economia brasileira, a braços com o que se considera a sua maior crise de todos os tempos. A sua proposta atende aos aspectos mais cruciantes das dificuldades que estamos atravessando e oferece soluções. Ao alcance da compreensão dos leigos na matéria, dívida externa, inflação, recessão e desemprego, as aflições do homem comum oriundas de uma situação cujas causas externas escapam ao controle do governo brasileiro, são devidamente estudadas com espírito de síntese e bastante clareza.
Acredito que os caminhos apontados pelo autor poderão conduzir o país a uma posição mais favorável, o que desde logo representa um serviço à comunidade brasileira"
Austregésilo de Athayde
O prefácio de outro livro do autor: "Brasil pós Real" foi assinado pelo Presidente Itamar Franco e transcrito em um artigo publicado no Jornal do Brasil do dia 18/07/1998 na 3ª página do 1º Caderno com o título: Autor do livro que deu base ao Plano Real lança 2º livro - As idéias do autor do livro "A Indexação Contábil da Moeda publicado em 1984, mudaram o Brasil por duas vezes: serviram de base para o Plano Real em 94 e para o Plano Cruzado em 86. Neste novo livro, o autor levanta uma questão crucial: estará chegando ao fim, a estabilidade gerada pelo Plano Real?
Eis a íntegra do prefácio assinado pelo Presidente Itamar Franco:
" Abreu Monteiro para quem não o conhece, ajudou no plano econômico e na formulação da mudança de toda nossa estrutura econômica, onde foi criada a URV. Sem estar em nenhum cargo público, ajudou o Governo a desmontar a incrível armadilha que só beneficiava banqueiros e especuladores, possibilitando que meu Governo lançasse o Plano Real. Neste seu segundo livro, Abreu Monteiro enfoca os problemas advindos com a política de controle de câmbio e da permissividade com que estão sendo feitas importações de produtos de países que não respeitam as normas da Organização Internacional do Trabalho, num autêntico incentivo à concorrência desleal, praticada contra empresas brasileiras que a respeitam. O livro mostra com dados, que o efeito destas importações está sendo devastador para o nosso parque industrial e que está gerando um nível de desemprego jamais ocorrido. Abreu Monteiro analisa a chamada Globalização da Economia e aponta soluções a serem debatidas, particularmente em países emergentes, a fim de possibilitar a convivência com o profissionalismo de especuladores internacionais. "Brasil Pós Real" é sem dúvida um livro que deve ser lido por todos os que desejem ter uma visão mais apurada e crítica de nossa atualidade, pois se torna necessária e urgente a correção dos rumos de nossa economia. Entendemos que o Plano Real não foi lançado para trazer a recessão e o desemprego, mas sim, a estabilidade econômica e o desenvolvimento" ass. Itamar Franco
 

Informações bibliográficas