A história da tecnologia brasileira contada por patentes

Capa
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Instituto Nacional da Propriedade Industrial, 2006 - 164 páginas

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

As informações contidas nas patentes enriquecem as pesquisas científicas, revelando o que já foi inventado em cada área de conhecimento. Elas também podem ser usadas como fontes seguras sobre a evolução da tecnologia no Brasil. Esse é o tema do livro “A história da tecnologia brasileira contada por patentes”, editado pelo Insituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI, Brasil).
Com seu caráter histórico, o livro analisa o caminho de quase 200 anos desde a primeira legislação brasileira sobre patentes. Em 28 de abril de 1809, Dom João VI, recém chegado ao Brasil, criou o alvará para que fossem tomadas iniciativas em favor da invenção de novas máquinas que dinamizem a economia da nova sede da Corte. É o início da interferência das patentes na história do País.
De lá para cá, o livro traz empresas, universidades e órgãos do governo contando suas experiências na invenção de tecnologias que transformaram - e ainda transformam - a sociedade brasileira. Durante a leitura, é possível perceber como essas instituições constituíram a história da inovação no Brasil com uma série de parcerias e alianças.
A criação do livro visa incentivar o uso da informação tecnológica nas pesquisas científicas brasileiras, fundamental para traçar um futuro cada vez mais inovador ao País, trazendo benefícios a todos os cidadãos.
 

Informações bibliográficas