A doença como metáfora

Capa
Graal, 2002 - 108 páginas
0 Resenhas
Utilizando as fantasias forjadas em torno do câncer, e também da tuberculose em tempos passados, Sontag realiza um severo exame da irreal e, muitas vezes, primitiva utilização da doença em nossa sociedade. O livro revela uma forma de protesto contra todas as formas de mistificação das enfermidades. As reflexões da autora se voltam à sua vivência pessoal como portadora de câncer.

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Outras edições - Visualizar todos

Informações bibliográficas