Afetividade Do Educador, a

Capa
Grupo Editorial Summus, 1985 - 109 páginas
1 Resenha
Um livro que incentiva uma abertura ao crescimento pessoal do mestre e do aluno. Um convite ao equilíbrio entre suavidade e indulgência, disciplina e senso de humor. O educador manifesta seu afeto na renúncia a si mesmo e na adaptação à idade, psicologia e evolução de cada aluno. O livro fala sobre afetividade e toca nossa própria afetividade pela sensibilidade, pelo humanismo, pela capacidade de dedicação à tarefa educativa que Max Marchand demonstra. Uma obra preciosa, válida em diferentes circunstâncias de classe e em diferentes níveis culturais, sociais e econômicos.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Não encontramos nenhuma resenha nos lugares comuns.

Páginas selecionadas

Conteúdo

Apresentação da Edição Brasileira
9
Pares Educativos
43
Conclusão Perspectivas de uma Educação Concreta
105
Direitos autorais

Termos e frases comuns

Referências a este livro

Todos os resultados da Pesquisa de Livros do Google »

Informações bibliográficas